Reader Comments

Memória RAM No Smartphone: Tudo O Que você deve Saber

"Paulo Joao Pedro" (2018-04-17)

 |  Post Reply

Está procurando por um smartphone novo? É sempre bom comparar os requisitos básicos de cada paradigma pra saber qual deles realmente tem um gasto-privilégio dentro do teu orçamento e propósito. Contudo, entre tantos requisitos diferentes a serem comparados, um deles é importante para você notar: a memória RAM. Você entende o que é isto? Ou fica perdido tentando compreender para que essa memória realmente serve?


Para sanar as tuas perguntas, vamos explicar por esta postagem o que é a memória RAM do celular, para que ela serve e porque você tem que permanecer de olho desse requisito! O que é a memória RAM? RAM é a sigla para Random Acess Memory (Memória de Acesso Randômico). Ela não acessa os detalhes de modo sequencial, o que faz com que os acessos sejam mais rápidos. Algo que tem que ser devidamente explicada sobre o assunto essa memória é que ela não diz respeito a armazenamento.


Contrário da perícia de armazenamento, essa memória somente permite o carregamento de programas e aplicativos, fazendo com que eles funcionem quando acessados. A memória RAM é volátil, ou melhor, quando teu smartphone é desligado, ela simplesmente apaga e todos os processos abertos são desligados também. E aí ela recomeça do zero. O que ela faz no celular? Quando você realiza um aplicativo, ele necessita de que determinada quantidade de RAM seja usada pra que ele possa funcionar.


O app fica armazenado naquela memória temporária, contudo não como um armazenamento físico, só sendo processado neste quesito. Quanto mais pesado ele for, mais RAM ele consumirá. O regulamento assim como vale pro número de aplicativos abertos: quanto mais apps rodando, mais essa memória será consumida. Contudo não se desespere. Como falamos, ao fechar ou interromper a efetivação de um desses aplicativos, essa porção da RAM que ele consumia será liberada, permitindo que você possa abrir outro app naquele "espaço" que está livre sem demora.


Por que devia ficar de olho deste requisito? É claro que o funcionamento não depende só da técnica da memória RAM. Também depende do processador do aparelho. Entretanto você com certeza não abre só um app por vez no celular, não é mesmo? Você fica de olho nas mensagens do Whatsapp, lê as notificações do Facebook, acompanha a atualização do e-mail, pesquisa filmes no YouTube, manda SMS e, ainda de quebra, se tudo isto estiver meio entediante, abre um jogo para se distrair.


Já que é. Aparelhos com pouca RAM ou não irão permitir que você abra tantos apps ao mesmo tempo ou ele simplesmente "engasgará": isto é, travará. Outro defeito que pode acontecer é que você só poderá abrir alguns apps por vez. Tendo como exemplo, ao terminar de observar as notificações do Facebook e pretender prosseguir recebendo mensagens no Whatsapp e visualizar filmes no YouTube, você vai ter que encerrar a tarefa do Facebook para não comprometer o desempenho desses outros serviços.


Desse modo, quanto maior a capacidade da RAM, mais tarefas teu celular consegue exercer ao mesmo tempo sem travar. Ainda assim sendo, os celulares "tops de linha" do mercado acabam agarrando no momento em que o usuário abre inúmeros aplicativos ao mesmo tempo - muitos deles que nem sequer permanecerá a usar. Desse jeito, mesmo que seleção aparelhos excelentes, crie o vício de fechar tarefas que você não tilizará mais naquele momento. Mesmo que não tenha chegado no limite, com essa postura os outros aplicativos funcionarão melhor. E deste modo, prontamente você entendeu pouco mais sobre isso como funciona a memória RAM nos celulares? Se você ficou alguma incerteza, deixe o seu comentário!


  • No HP Support Assistant em saiba mais, clique em sugestões do item

  • Câmeras medianas

  • Cube T8 Plus 4G Phablet

  • sessenta e quatro GB de memória interna

  • Imagem-Galaxy-A5-2016 zoom_out_map

  • Computador 2100 = memória DDR de 266MHz

  • Um scanner de impressões digitais

leia mais aqui

Porém no caso da RAM, para o usuário comum há limites recomendados. Superior quantidade não isto é maior desempenho. O limite sempre ocorre no momento em que não mais notamos diferença no funcionamento se adicionamos mais RAM. Pc pra tarefas de escritório e multimídia: até quatro GB de RAM. Computador pra jogos atuais: até dezesseis GB de RAM. Outro ponto polêmico, todavia que desse caso há uma exceção da especificação. No entanto antes, vamos desmentir o mito. Quando instalamos uma RAM em uma placa-mãe, normalmente temos duas opções: usar somente um módulo e trabalhar em um só canal (um bus de sessenta e quatro bits) ou utilizar inmensuráveis módulos em canal duplo (dois buses de 64 bits).


Isto nos entrega um bus de 128 bits, aumentando a largura de banda, uma coisa que deveria impactar consideravelmente no desempenho. Mas para o usuário médio, isto nem é grave. Indico ler um pouco mais a respeito através do website clique no seguinte site da web. Trata-se de uma das melhores fontes sobre isso este tema na web. Em provas sintéticas desejamos visualizar melhorias que conseguem ser substanciais, entretanto no universo real isto desaparece, não marcando uma diferença importante em aplicativos e jogos. Logo, não tenha receio em usar hoje um módulo com 8 GB de RAM, e deixar o outro livre para uma atualização no futuro. A exceção está nos materiais que utilizam gráficos integrados, porque a placa utiliza a mesma RAM como memória gráfica. Deste caso, usar dois canais evolução consideravelmente o desempenho de jogos.


Aplicativos e jogos contam com requisitos mínimos de RAM pra funcionar, porém em alguns casos o grau é tão nanico que a experiência de uso é comprometida. Ter muita RAM não significa ter muito funcionamento, contudo desse caso é o contrário. O defeito neste local é usar o mínimo e localizar que isso basta. Se você tem um Pc com 4 GB de RAM e tem um jogo onde o requisito mínimo é ter quatro GB, porém o recomendado é oito GB, você terá dificuldades constantes com a experiência do game. O mínimo não garante um funcionamento ótimo.



Add comment