Reader Comments

O Que É E Para Que Serve O Habite

"João Thomas" (2018-04-20)

 |  Post Reply

Vale lembrar que quem define as coberturas do seguro é proprietário do imóvel, e a escolha das mesmas encarece valor do seguro. Por isso, é importante que inquilino esteja bem informado sobre esses assuntos para que a negociação seja justa para os dois lados.

imobiliárias em curitibaNotamos em fatos relatados anteriormente que Estado através de sua atuação ao implantar determinados equipamentos privilegia áreas mais nobres, dando a ela localização, que por sua vez aumenta seu "valor de troca" e de uso. Fato visto nas partes nobres de Araguaína, que sua localização fruto de valores anteriormente citados, dá a ela um valor maior no mercado imobiliário.

Processo de uma compra de imóveis não se resume a pesquisar casas e desembolsar um bom dinheiro. No quadro institucional da economia brasileira, que acaba também se refletindo em grande parte no que é quadro institucional político e econômico curitibano, nota-se que há grande preocupação por parte do setor público com investimentos visando melhorias das amenidades urbanas que geram incentivos positivos ao setor imobiliário residencial. Qualquer alteração no espaço físico das cidades pode ter consequências sobre preço das moradias e sobre bem-estar dos agentes (HERMANN; HADDAD, 2005, p. 238).

Relativamente à aquisição de imóveis novos, em 2010, Valor Geral de Vendas (VGV) de imóveis residenciais novos lançados em empreendimentos verticais na capital paranaense chegou a somar um total de quase 3,3 bilhões de reais (BRAIN, 2012). Este valor seria ainda maior se considerássemos também a incorporação dos imóveis horizontais - casas e terrenos em condomínios - que, por sua vez, representam significativa parte da oferta de imóveis residenciais novos na cidade de Curitiba, mas não constitui foco da análise aqui pretendida. Se mantida a participação do produto interno bruto (PIB) de Curitiba em 2009 na projeção do PIB brasileiro de 2010 15 , pode-se estimar que a aquisição de imóveis residenciais novos lançados em empreendimentos verticais na cidade de Curitiba representou cerca de 6% do PIB, em 2010.

Sara, caução é a garantia do proprietário que no final do contrato, mesmo será entregue em perfeitas condições. Ele serve para cobrir possíveis danos causados ao imóvel, pelo inquilino. Nos casos de alugueis regidos por contrato, se houver, ele deverá obrigatoriamente constar no mesmo.

Na hora de negociar um imóvel, muitos proprietários acabam ficando com dúvidas se devem ou não contratar uma Imobiliária Curitiba. Há quem acredite que vender por conta própria reduz os custos com comissão e apresenta uma maior agilidade para concretizar a negociação. No entanto, que ocorre na maioria das vezes é uma enorme dor de cabeça.

Planejar a sucessão significa organizar processo de transição do patrimônio levando em conta aspectos como (i) ajuste de interesses entre os herdeiros na administração dos bens, principalmente quando compõem capital social de empresa, aproveitando - se da presença do fundador como agente catalisador de expectativas conflitantes, (ii) organização do patrimônio, de modo a facilitar a sua administração, demarcando com clareza ativo familiar do empresarial, (iii) redução de custos com eventual processo judicial de inventário e partilha que, além de gravoso, adia por demasiado a definição de fatores importantes na continuidade da gestão patrimonial, e, por último, (iv) conscientização acerca do impacto tributário dentre as várias opões lícitas de organização do patrimônio, previamente à transferência de modo a reduzir seu custo.

imobiliárias em curitibaJá pensou em entregar conserto do seu carro nas mãos de um cabeleireiro? marketing imobiliário vai muito além das campanhas para lançamentos, marketing tem sido essencial para estabelecer devido posicionamento dos corretores de imóveis e imobiliárias em sua área de atuação. Colaborando para aumento do profissionalismo e qualidade ao segmento.

Art. 228 - A matrícula será efetuada por ocasião do primeiro registro a ser lançado na vigência desta Lei, mediante os elementos constantes do título apresentado e do registro anterior nele mencionado. (Renumerado com nova redação pela Lei nº 6.216, de 1975).

parcelamento, edificação ou utilização compulsória são aplicáveis aos imóveis não edificados, compostos apenas pela terra nua; não utilizados, que são os abandonados e não habitados; e subutilizados, que são os imóveis cujo aproveitamento seja inferior ao mínimo definido em lei. Uma vez instituído para determinado imóvel, proprietário fica obrigado a dar-lhe uma utilização efetiva e adequada num determinado prazo. Se este imóvel for vendido, novo proprietário passa a ser responsável por esta obrigação (FERREIRA, 2010).

Os registros públicos aparecem como um inegável instrumento de segurança e publicidade das situações jurídicas, existindo porque inegável sua necessidade social. Mais que uma necessidade estritamente jurídica, mostra-se como imprescindível para a segurança das relações econômicas e sociais.

Add comment