Reader Comments

Quantas Vezes Você Deve Passear Com Seu Cachorro

"Joao Vicente" (2018-05-15)

 |  Post Reply

Depois de ser resgatada das ruas por Marco Antonio Sarnelli, a vira-lata radical Kika tornou-se parceira no esporte com a auxílio do instrutor Leonardo Lorang. Até de competições ela participa! Kika, quatro anos, é uma vira-lata radical. E bem como uma perfeita versão animal da geração saúde: vive em metrópole e tem hábitos saudáveis para compensar o estresse e os limites dos apartamentos. Sedentarismo, obviamente, não é com ela. Frequentadora do principal point dos surfistas cariocas, passou a realizar um esporte que está ganhando cada vez mais espaço no litoral brasileiro: o stand-up paddle (SUP) ou remo em pé, na tradução literal. Desenvoltura para praticar a atividade ela possui.


Kika chegou à praia carregada no colo, politicamente correta em relação à lei que proíbe a circulação de animais na areia, no entanto ansiosa. Só ficou tranquila no momento em que foi colocada na prancha e pressentiu que ia curtir um passeio no mar de Copacabana, que naquele dia parecia uma piscina. E dessa forma foi. Perfeitamente equilibrada, vendo pra frente como os instrutores recomendam aos alunos do esporte, vendo os barcos de pescadores. Ela estava relaxada como uma profissional. Kika fazia dupla com Lorang, conhecido e professor de SUP de Totó, seu dono.


Eu costumo expor que ela é uma cachorra perua. Não gosta de se sujar na areia. Fica bem tranquila pela prancha, porém nunca cai pela água. É obediente. Gosta do prato de ração limpinho. No momento em que vem ao Park Clube, fica na recepção visualizando o movimento. É uma cachorra afável, aparecia moças, gosta de permanecer conosco e gosta de um carinho", diz Sarnelli. Depois do treino, Kika quis retornar ao mar. Atleta desde a adolescência, Lorang foi quem percebeu primeiro a circunstância de realizar o esporte com cães. Praticante de modalidades que o levam ao mar, terra e ar, está, de certa maneira, acostumado com atividades radicais e ligadas à meio ambiente.


Surfar, voar de asa-delta, deslizar em snowboard e pilotar jipes nas trilhas da Mata Atlântica exercem porção de tua rotina. Como tanta ação toma longo tempo do teu dia, Lorang foi levado a adicionar negócios com entusiasmo e a transformar o esporte em meio de vida. Dessa maneira, voltou-se para a área de turismo de aventura. Começou conduzindo passeios de jipe, foi um dos pioneiros pela instalação de hostels em Ipanema e nos dias de hoje é instrutor de SUP. Em clima de diversão, esse tipo de parceria disseminou-se por intermédio da Califórnia, ganhou adeptos e até nome: stand-up dog. Como nas praias do Pacífico, onde os pets subiram pela pranchas a remo há mais de dez anos, neste momento são realizadas lutas no Brasil. Pela Barra da Tijuca, onde Lorang mantém 2 quiosques, foi praticada, no verão passado, uma dessas provas bem-humoradas que reuniu cães e seus donos.


A competição foi organizada por Sarnelli, dono da atlética Kika, durante um treinamento com seu professor no Posto 6, em Copacabana. De acordo com o idealizador da gincana, como cada prova, a de prancha a remo com cachorros tem regras. Os organizadores submetem os membros caninos à avaliação de um especialista em educação animal. O hospedagem cachorro https://hotelcaescuritiba.com.br deve estar bem disposto, não pode ser forçado nem tem que estar com horror. Contam pontos a velocidade do remador e o equilíbrio de ambos", explica Sarnelli. hospedagem para cães https://hotelcaescuritiba.com.br conhecer pouco mais desse foco, você podes acessar o web site melhor referenciado nesse foco, nele tenho certeza que encontrará algumas fontes tão boas quanto essas, encontre no link deste site: hospedagem para cães em curitiba https://hotelcaescuritiba.com.br. O percurso da prova é geralmente de 300 metros e nenhum dos integrantes da dupla podes cair no mar. O que algumas vezes é penoso. Cachorros gostam de nadar e não é raro um deles pular na água", completa Lorang.


  • 147 trinta e um "Se Liga no Coelho, tá conectado?" 15 de novembro de 2017

  • Ofereça produtos de característica

  • quarenta ovos/férteis (80 por cento eclosão)

  • vinte e cinco de Outubro de 2010 às onze:Dezesseis

  • vinte e sete- Anticoagulantes35- Quimioterapia e radioterapia

  • Não suave o seu animal na praia nos dias quentes, ele com certeza preferiria continuar em casa

  • Estacionar em recinto coberto é o melhor, ou locais com sombra

No entanto o pior de tudo é que foi roubada a câmera fotográfica do tio de Emi, que os piás usaram pra tomar fotos. Os meninos têm 12 horas para parelhar, limpar, e recuperar as coisas perdidas antes que cheguem os tios da menina. No tempo em que alguns ajudam a deixar as coisas como estavam, outros vão procurar a câmera roubada. Após procurá-la no comércio ilegal, os rapazes descobrem a câmera pela casa.


Os tios chegam e não percebem o que se passou ali. Porém os rapazes se esqueceram de algo: demolir as imagens que tiraram da festividade. Enfurecido, o tio de Emília acaba sondando tudo o que ocorreu. As irmãs Fernanda e Valentina brigam, não se falam. A situação é muito tensa. Fernanda sente ciúmes de Emília, já que se aproximou de tua irmã e tenta ficar mais perto dela. Ao olhar isso, Valentina bem como fica com ciúme de Emília, visto que sente que ela está cada dia mais amiga de tua irmã.


Portanto começa uma batalha entre Valentina e Fernanda a final de se tornarem, cada uma, a melhor amiga de Emília. Para essa finalidade, as irmãs decidem destinar-se à moradia de Emília pra entender matemática. Emi tenta fazem com que as gurias não se encontrem, no entanto consegue evitar isto por bastante tempo. Enquanto isto, os bebês decidem se empenhar a lavar bichos de estimação, para integrar dinheiro para o passeio do curso. Neste negócio ajudam principalmente Zico e Alex, que precisam lavar cachorros, uma serpente e diferentes animais.



Add comment