Reader Comments

Como Escolher O Melhor HD Para Seu PS4

"Paulo Rafael" (2018-06-03)

In response to xml edublogs
 |  Post Reply

documento completo

Um dos pontos críticos da oitava criação de consoles está no insuficiente espaço para armazenamento de jogos. Tal mídia física como digital, consomem exatamente o mesmo espaço no HD e ainda mais, espaços maiores! Uma opção seria deletar somente o arquivo do jogo e deixar o savegame pra não perder o progresso. Mas, existem aqueles que não gostam de ter o re-trabalho de instalar o jogo de novo e aguardar os downloads de atualizações para, só então, desfrutar de um jogo que tenham apreciado previamente. Por causa de o PlayStation quatro não possui suporte para HD externo, a opção é fazer a troca do HD interno.


Um procedimento bem fácil que explicamos por este tutorial. No entanto, muitas das maiores dúvidas começam propriamente no momento de escolher o HD para o PS4. Questões como: tamanho, experiência de armazenamento, marca, paradigma são novas delas. Um - HDD, SSD ou híbrido? É intrigante começar nesse lugar, pela escolha do tipo de armazenamento que será posicionado no console. Para escolher entre as opções, vamos notar cada uma delas. Os mais convencionais são os discos severos (Hard Disc Drive).


Eles sofreram novas evoluções com o tempo, no entanto sua engenharia básica permanece aproximadamente a mesma. Os HDDs possuem tecnologia mais madura, confiável e mais barata se comparada às excessivo. Em novas expressões, discos rígidos habituais são espaçosos, acessível e com mínimo custo. Uma das vantagens dos HDDs é que apresentam sintomas de que possíveis defeitos possam ser iminentes. Lentidão e demora pela efetivação de tarefas são capazes de ser indicativos de que o mecanismo pode vir a apresentar problemas futuros. Em diversos níveis, os SSDs são idênticos aos HDDs.


Porém, eles dispensam os discos magnéticos e cabeçotes de leitura e gravação, deixando ausentes as partes mecânicas envolvidas. Esta arquitetura resulta em um funcionamento muito melhor, convertendo os SSDs a opção de alta performance. As Unidades de Estado Sólido tem durabilidade maior que os HDDs, provenientes da falta de partes mecânicas, que são, na maior quantidade dos casos, a circunstância dos defeitos em unidades de armazenamento.


Todavia, diferente dos discos exigentes, os SSDs não apresentam sintomas de erro. Eles simplesmente clique na seguinte página da web param de funcionar. Mesmo sendo mais rápida e produtivo, no PlayStation 4 esta talvez não seja a opção mais praticável ou com custo-privilégio melhor. Imensos testes feitos com SSDs no PlayStation quatro destacam que o funcionamento do console não se altera consideravelmente como nos computadores e notebooks. Seria um investimento muito grande (SSDs chegam a custar 9x mais que um HDD) para ter o sistema ou jogos iniciando de 2 a dez segundos mais rápido. Não compensa.


Os discos severos híbridos mesclam a experiência de um HDD com velocidades de SSD, colocando discos rotativos tradicionais e uma pequena quantidade de memória flash de alta velocidade numa única unidade. Seria uma escolha envolvente se, no PS4 houvesse a probabilidade de fazer como nos pcs: colocar o sistema operacional funcionando no SSD e os programas no HD pra melhor funcionamento. Todavia, como isto não é possível de ser feito, o investimento não é sensacional por ter um grande gasto x proveito. Outro ponto a ser considerado é o preço de cada aparelho.


Como você poderá examinar, a diferença nos valores é muito alta. Infelizmente, um alto investimento, nesse caso, não fornece os benefícios desejados. Caso necessite, é possível localizar numerosos testes em web sites que notabilizam a pouca diferença de funcionamento entre os 2 dispositivos. Outro ponto divertido a ser observado no instante da compra é a marca do HDD. Acabei de me lembrar de outro site que também poderá ser vantajoso, leia mais dicas por este outro postagem simplesmente clique na seguinte página da web, é um agradável website, acredito que irá querer. As mais indicadas, e líderes de mercado, são Seagate e Western Digital.


Rotação: velocidade em que o disco trabalha. Por mais complexo que seja descobrir discos com RPM maiores, é sempre bom procurar por aqueles que trabalham com 5400 RPM para evitar aquecimentos indesejáveis. Lendo os pontos destacados, é possível escolher o HD que melhor atenda às necessidades pra sanar os problemas com a inexistência de espaço. Ainda ficou alguma indecisão? Deixe teu comentário que teremos alegria em amparar!


Os discos de estado sólido não funcionam igual aos HDs que são capazes de ser sobrescritos algumas vezes. Segundo especialistas e até os próprios fabricantes, um mesmo setor de um SSD podes sofrer um número máximo de 10 milhões de escritas — isto pela melhor das hipóteses. Um SSD comum precisa voltar a um milhão de reescritas, fator que limita muito a utilização dele. E dessa maneira, vale a pena trocar um HD por um SSD? Se você detém mais de 1500 reais sobrando e não entende com o que gastar, a compra do SSD podes ser envolvente. Para quem preza por economia, deseja muito espaço e quer um disco que dure bem mais, a compra de um SSD precisa ser a última coisa que você precisa raciocinar para aperfeiçoar seu pc.


A funcionalidade TRIM a título de exemplo, é uma delas, os sistemas operacionais de na atualidade neste instante trazem suporte embutido para esta tecnologia, tanto Windows, Apple ou Linux. Quanto tempo dura um ssd ? Cinco - O que escolher: mais qualidade ou mais quantidade ? Mas isto depende muito de qual será o uso conclusão do micro computador ou notebook. O segredo é adquirir um computador sabendo qual o destino que dará a ele.


Se for em uma organização com um servidor de rede ou algum outro recinto ou mecanismo de armazenamento de detalhes, acho que adquirir um SSD é muito mais vantajoso. Se for usar pra jogos, nem sequer tal, neste caso um HDD convencional é melhor, se o propósito é utilizar qualquer software que utilize a todo o momento o cache de disco rigoroso, assim o SSD é melhor.


HDD, inclusive tem discos híbridos a venda no mercado. Há muita dado a disposição, porém assim como leio e escuto muita desinformação a respeito de este assunto. Os boatos tem se propagado no tempo e levam as pessoas a acreditarem a não obter um drive SSD, uma vez que encontram que é insuficiente produtivo, possuem um alto valor ou simplesmente clique na seguinte página da web por que duram insuficiente. Acho que você neste momento viu que não é verdade ! Gostou do post ? Comente, curta e compartilhe !


Este Zumo teve acesso ao último paradigma em duas versões, o X25-E (Extreme) SSDSA2SH032G1GN de trinta e dois GB, voltado para aplicações de servidores, e o X25-M (Mainstream) SSDSA2SH080G1GN de oitenta GB, retornado para desktops e notebooks. Fora a capacidade de armazenamento, a principal diferença entre os modelos M e E está no seu MTBF (tempo médio entre falhas) estimado de um milhão de horas pela versão para notes e 2,2 milhões na versão para servidores.



Add comment