Reader Comments

A Ansiedade é Com A Saúde

"Lorenzo" (2018-04-07)

 |  Post Reply

A Dieta Detox vem conquistando um espaço considerável entre outras tantas dietas da moda. Com a promessa de "desintoxicar" possibilitando um rápido emagrecimento, ela tem ganhado diversos adeptos. Não obstante, ela tem seus (muitos) problemas. Eis a frase que é a pura essência nesse recurso. Por alguma causa, as pessoas, simplesmente, "piram" ao ouvir esse termo. A mídia recebeu um êxito tão grande em relacionar a frase "desintoxicação" ao emagrecimento e o desinchaço que qualquer alimento com tal atributo é endeusado instantaneamente. Consequentemente, a indústria que vende tais produtos lucra horrores com falsas probabilidades.


O que a maioria não entende é que nosso respectivo corpo humano prontamente detém, naturalmente, mecanismos naturais de desintoxicação: o fígado e o sistema renal. Dessa maneira, se você quer começar uma dieta detox em razão de quer "desintoxicar" teu organismo, fique sabendo que você estará perdendo tempo (e dinheiro). Quer manter teu corpo livre de toxinas? Basta preservar uma alimentação balanceada! Consuma legumes, verduras, alimentos integrais, carnes magras, beba muita água e pronto! Você estará "desintoxicada", saudável e cheia de persistência. Sim, emagrece. Entretanto, isso não ou melhor, obrigatoriamente, qualquer coisa bom. Esse procedimento faz com que você emagreça em consequência a drástica redução de gordura consumidas. Certamente, isso faz com que a pessoa acabe emagrecendo. Não obstante, o mecanismo não leva em conta tua saúde mental nem tua saúde física. Além de não levar em conta sua inevitabilidade calórica e te privar de nutrientes primordiais presentes em alimentos sólidos. Ao trocar uma alimentação normal por uma dieta líquida, você restringe teu corpo de incalculáveis nutrientes que conseguem estar presentes em carnes, ovos, leites e derivados. Ao fazer isso por vários dias, os danos na saúde vão ficando evidentes: fragilidade, tonturas, dores de cabeça, contrariedade de concentração e, em casos mais graves, desmaios.


Além disso, o excedente de líquidos não é algo ótimo. O controle de eletrólitos (potássio e sódio) no organismo, feito pelos rins, podes passar por um desequilíbrio, aumentando a exclusão de água. Isto, em casos mais sérios, provoca desidratação. O fígado pode continuar sobrecarregado, em consequência a ingestão exagerada de bebidas líquidas, e não realizar bem suas funções. E, afinal de contas, você corre um grande perigo de sofrer do "efeito sanfona".


  • 4 Cardápio da dieta detox

  • Salada de folhas verdes variadas à vontade (com um colher de sobremesa de azeite de oliva)

  • Prevenir e rever deformidades

  • Gelo e adoçante á apoio de estévia a teu modo

  • Transfira a massa para uma superfície enfarinhada e sove até que fique bem elástica

No fim de contas, você podes, sim, perder muito peso com a Detox. Contudo, a implantação desta dieta não faz com que hábitos saudáveis sejam incorporados no cotidiano. Deste modo, uma vez que o ser regresse à sua rotina alimentar antiga, o peso perdido tende a ser adquirido mais rápido. Quer perder calorias sem passar fome e sem deixar de consumir o que gosta? Assine o Dieta e Saúde e comece a possuir uma existência mais saudável hoje mesmo!


Embutidos (salsicha, mortadela, linguiça, peito de peru, etc.) são permitidos, entretanto tem que-se ficar atento à quantidade de sódio (que promove retenção de líquidos) e de carboidratos nos rótulos. Você podes pretender ver mais qualquer coisa mais completo referente a isso, se for do teu interesse recomendo entrar no blog que originou minha post e compartilhamento dessas dicas, visualize plano detox vale a pena https://necessitae.com/plano-detox/ e veja mais a respeito. Morango, cereja, amora e mirtilos. Aqueles com grande teor de gordura contêm menos carboidratos que os laticínios light, porém por outro lado são repletas de gordura saturada, que deve ser consumida com muita moderação. Creme de leite, cream cheese e parmesão são alguns dos laticínios permitidos na dieta low carb. Nozes, azeite, óleo de coco, abacate, salmão, atum e sardinha. Folhas verdes (couve, rúcula, alface, agrião, etc.) e vegetais não amiláceos (couve flor, rabanete, brócolis, alho poró, aspargo).


Maionese, leite de coco, frutos do mar, gelatina sem açúcar e adoçantes (sucralose e aspartame). Café, chás sem açúcar (camomila, erva açucarado, etc.) e água sem gás. A dieta do Dr. Atkins original foi centro de várias avaliações por promover o consumo livre de carnes gordurosas, ovos, bacon e queijos amarelos. Dessa maneira, nada de café da manhã com meia dúzia de ovos, bacon e linguiça frita. Também está proibido o consumo de açúcar, trigo, produtos diet e até já alimentos integrais, como arroz e pão produzidos com farinha de trigo integral.


Não existe um cardápio específico pra dieta low carb, uma vez que o principal intuito é consumir menos carboidratos, e focar nas proteínas e gorduras saudáveis. Opção um: Omelete com queijo, salsinha, cebolinha e 1 colher de chá de semente de linhaça dourada. Opção 2: Enroladinhos de presunto e queijo preparados com tomate e orégano pela frigideira (como um Bauru sem pão). Opção 3: Meio abacate coberto com um ovo (retire o caroço do abacate, quebre um ovo dentro da metade e tempere com sal, pimenta e outros temperos a seu gosto. Varie o cardápio: do mesmo modo qualquer outra dieta, a monotonia poderá desestimular e facilitar o abandono da dieta low carb.


Planeje com antecedência o cardápio da semana e alterne não apenas os alimentos como também a jeito para preparar de qualquer um deles. Caso seja fã de ovos, por exemplo, faça omelete em um dia, ovos mexidos com queijo no outro, claras cozidas recheadas com cogumelos no terceiro dia, e deste modo por diante. Ou seja: saia da rotina, pesquise receitas e personalize o seu cardápio. Como folhas verdes todos os dias: Um dos efeitos colaterais da dieta low carb é a prisão de ventre provocada em tal grau pelo consumo excessivo de proteínas como pela ausência de fibras no cardápio. Para simplificar o trânsito intestinal consuma o equivalente a duas xícaras de folhas verdes diariamente, e pratique caminhada leve ou moderada.


Priorize os alimentos naturais: impossibilite sempre que possível os produtos altamente processados, embora sejam low carb (tendo como exemplo: queijo polenguinho). A dieta low carb necessita ser encarada como uma passo na direção de uma alimentação mais saudável e nutritiva, com menos aditivos químicos, pesticidas e outras toxinas. Impeça o consumo de leite: a lactose é o açúcar do leite e será capaz de causar transformações na glicose sanguínea. A água é fundamental na dieta low carb: Além de aprimorar o funcionamento do intestino ainda assistência a apagar as toxinas resultantes do metabolismo das proteínas. Beba ao menos seis-8 copos de água mineral todos os dias (se desejar, use hortelã ou raspas de gengibre pra aromatizar).



Add comment