Reader Comments

Mineradora De Mariana Não Tinha Sirene Pra Salvar Vidas O Dia

"Paulo Henrique" (2018-06-16)

 |  Post Reply

Minas Gerais - A mineradora Samarco, responsável pelas barragens Fundão e Santarém, em Mariana (MG), não tinha sirenes de alerta de acidentes. A organização telefonou para pessoas da comunidade pra avisar sobre o rompimento de uma barragem. A inexistência de um alarme sonoro foi uma das principais queixas das famílias que ficaram desabrigadas. Não temos esse aviso. A lei de segurança das barragens é a 12.334 de 2010 e nós a cumprimos integralmente, afirmou o coordenador de projetos da empresa, engenheiro Germano Silva Lopes.


Até ontem à noite tinha sido encontrado um corpo humano.clicando aqui Quinhentas pessoas estavam desabrigadas e, até o começo da noite de ontem, 13 desaparecidos. A avalanche de rejeitos de minério de ferro percorreu 70 quilômetros, atingindo 6 comunidades histórias do entorno de Mariana. Um outro recinto interessante que eu adoro e cita-se a respeito do mesmo assunto neste blog é o site clicando aqui. Pode ser que você goste de ler mais sobre o assunto nele. Bento Rodrigues foi o distrito que mais sofreu com a lama. O ginásio de Mariana está acolhendo desabrigados na tragédia.


  • 1486 Expressões | seis Páginas
  • ÂMBITO DE APLICAÇÃO
  • Mistura areia-asfalto em betoneira 0,83 - mistura areia-asfalto usinada a gelado 0,oitenta clicando Aqui e três
  • A toda a hora que possível o instrumento precisa ser desmontado para descomplicar a limpeza

Ao menos uma delas, em estado mais delicado, foi levada de helicóptero a um hospital em Elegante Horizonte. A Samarco informou que o material das barragens é inerte, não é tóxico e que não há traço de envenenamento da população. O Centro de Sismologia da Escola de São Paulo (USP) registrou 4 tremores de terra pela localidade antes do rompimento das duas barragens. As magnitudes foram pequenas (entre dois.0 e 2.6 pela escala Richter) e, segundo Jackson Calhau, analista da USP, não é possível iniciar uma ligação entre os tremores e o rompimento das barragens.


Ainda então, em setembro do ano anterior o acontecimento pela usina de Tokaimura (acesse Ciência Hoje, número 156) demonstrou que o risco de acidentes é um fantasma que continua rondando esta alternativa de formação de energia. Pouco tempo atrás a Alemanha decidiu que não serão instalados novos reatores e que os reatores em funcionamento serão desativados depois de completada a tua vida útil (trinta e dois anos nesse caso).


A Turquia bem como abandonou o projeto de criar sua primeira usina nuclear. Apesar da "crise" na indústria nuclear, os países com maior necessidade nesse tipo de energia, como o Japão ou a França, que não têm outras escolhas, seguirão investindo neste setor. Os países da Organização pra Cooperação do Desenvolvimento Econômico (OCDE) são os que concentram a superior experiência instalada de usinas nucleares no mundo e são eles que continuarão liderando o avanço da energia nuclear a nível mundial. Os custos de geração da energia elétrica são compostos de forma distinto pra cada país, pois dependem, entre outros, dos recursos naturais disponíveis em seu território. Na constituição de custos, a produção do combustível (urânio) é de vasto credibilidade.


Mineração: após a descoberta da jazida e feita tua avaliação econômica (prospecção e pesquisa), inicia-se a mineração e o beneficiamento. Na usina de beneficiamento, o urânio é extraído do minério, purificado e concentrado num sal de cor amarela, chamado "yellowcake".clicando aqui No Brasil, estas etapas são realizadas pela Unidade de Lagoa Real (BA) das Indústrias Nucleares do Brasil (INB), de fornecer trezentos ton/ano de concentrado de urânio.


O teor e a medida de suas reservas são suficientes pro suprimento de Angra 1, dois e 3 por 100 anos. Conversão do yellowcake (óxido de urânio - U3O8) em hexafluoreto de urânio (UF6) ante estado gasoso, depois de ter sido dissolvido e purificado. Enriquecimento Isotópico: tem por objetivo acrescentar a concentração de urânio 235 (U-235) acima da natural de somente 0,sete por cento pra 2 a cinco por cento, servindo deste modo como combustível nuclear. Esta etapa e a de conversão ainda não são realizadas no Brasil, contudo na Europa por um consórcio chamado Urenco.


A tecnologia de enriquecimento inclui um recurso de centrifugação, onde entra o gás UF6. O isótopo U-235 de interesse é separado clicando aqui do isótopo U-238 mais pesado. Reconversão do gás UF6 em dióxido de urânio (UO2) ao estado sólido (pó). Esta etapa é consumada em Resende (RJ), desde 1999, na Unidade II da Fábrica de Elementos Combustíveis (FEC), da INB. Fabricação das Pastilhas de UO2, bem como na Unidade II da FEC.



Add comment